Translate

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Desfolhada


Chora minha saudade
inunda todas as salas
escorra sem trégua
por essas portas fechadas,

goteja água límpida
sacia o peito sedento
escorra feito riacho
pelos canteiros e mudas
umificando a desfolhada,

e sem se desculpar
escancare todas as portas
ao desponte do sol
traga a brisa devagarinho
a soprar ritmada
calidamente embalando
o sossego das lembranças.

Stela Emilia Gusmão
28/03/2010