Translate

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Cai a chuva

Cai a chuva

A luz de fora escurecera
e, numa ferocidade sombria
estrondos arremessam do alto
relâmpagos cortando enviesados
nuvens escuras carregadas
que aclara-se num rastro luminoso
com efeito de fogos de artifício,

cai a chuva pesadamente
num fluxo de água deslizando
pelo solo úmido e desejoso
de prazeres decerto satisfeito
embebendo a alma e tocando
por fim o corpo da terra.

Stela Emilia Gusmão
03/05/2012