Translate

sábado, 10 de agosto de 2013

Gota de orvalho ( II )

Gota de orvalho ( II )
Pai (in memoriam)

No tempo concedido a tua carne
segue lançado ao encontro
cruza o porto em regresso
remo e velas navegantes
ao sopro brando dos ventos
e quebra as ondas do seu curso
para a outra metade do mundo.

Expondo a face onde criado fostes
aporta no lugar da tua  origem
eternidade que te foi concedida
arco-íris de farol luminoso
da clara lanterna divina.

Stela Emilia Gusmão
29/08/09