Translate

sábado, 7 de março de 2015

Mulher


A minha homenagem a todas as mulheres, para que através da pluralidade das nossas reivindicações possamos com ampliação dos nossos direitos ocupar os espaços com o respeito devido a nossa cidadania.
  Não aceitemos violências seja moral, física, sexual ou psicológica.

Mulher
Espelho de mil pedaços
irrequieta, sutil
mares e velas
palavras e silêncios
inventa, alimenta, se lança
nas faces e fases
num contradizer esperado.

Intensa quando estrada
esvai-se como oceano
derivando pelas vertentes
de fluxos e refluxos
segredos e descobertas
segue forte
pintada de carmim
no palco dos refletores.

Rasga a carne
concebe a vida 
comporta em si, imensidão
entremeando-se inteira
no plural dos sentidos.

Aí me posto
em forma e semelhança
na unidade desses universos
cujas extremidades se tocam
 ao encontro do canto do mundo.
Mulher. Somos. Sou.

Stela Emilia Gusmão
05/03/2015
http://www.recantodasletras.com.br/autores/stelaemilia