Translate

terça-feira, 8 de setembro de 2015

   Tem gente que parece que não é gente, indiferente aos sentimentos de alegria ou dor do semelhante, incapaz de sentir o aperto no peito do silêncio de uma vida que se vai e o torpor de outras que choram a sua ausência. Que vomita sua espantosa estupidez de maldade numa negação de agir com o coração. Se queres ser ouvida, respeitada, amada e sair dessa prisão, comece por acender a sua Luz.

Stela Emilia Gusmão
14/11/2014
1