Translate

domingo, 15 de abril de 2012

Partidas e chegadas

Me vejo assim entre partidas e chegadas
 que não se consolam dentro do peito.
O coração repartido pulsa a cada momento
 em recomeços e sempre soluça na saudade 
da minha inquietação pelo tempo que terei 
de espera. Eu sempre sou saudade à procura 
do cantinho que aguarda minha chegada
 e agarro as lembranças no enlace dos abraços
 que me fazem lúcida. 
Quando uma felicidade está próxima as 
outras estão distantes, mas, fazendo-se vivas 
e seja como for afirmo, presentes.

Stela Emilia Gusmão
18/01/2012